• Rolando Freitas apresenta convocatória para "atacar" apuramento para o Europeu

    Portugal prepara dupla jornada com Hungria e Rússia

  • ng263464ED-2F5E-4617-ACBC-DBD7BFCE4775

    Futsal: Pedro Henriques deixa a Desportiva

  • Peyton Manning bateu recorde de passes para touchdows da NFL

    Peyton Manning, o rei do Futebol Americano

  • Paulinho abandona Benfica

Entrevistas

  • Entrevistas
    Quinta-feira, Setembro 4th, 2014
    Entrevista a Vasco Sousa: ”Os novos Renegades estão esfomeados por surpreender o Futebol Americano em Portugal”
  • Entrevistas
    Sábado, Julho 19th, 2014
    Em entrevista com Paulo Tavares: ”Vamos voltar a fazer uma grande época”
  • Entrevistas
    Segunda-feira, Junho 30th, 2014
    Carlos Resende: ”Pretendemos lutar pelo título nacional”

Notícias

    • Portugal prepara dupla jornada com Hungria e Rússia

      Rolando Freitas apresenta convocatória para "atacar" apuramento para o Europeu
      20 Outubro, 2014

      O selecionador nacional de andebol Rolando Freitas apresentou, nesta segunda feira, a convocatória para os jogos com Hungria, a 29 de Outubro, em Miskolc, e com a Rússia, a 2 de Novembro, em Vila Nova de Gaia. Os encontros são de extrema importância, tendo em vista o apuramento para o Europeu de 2016.

      Portugal está inserido no Grupo 5, juntamente com as referidas Hungria e Rússia e ainda a Ucrânia. Um Grupo muito difícil, com apenas duas vagas qualificáveis (ou caso esteja neste Grupo, o melhor terceiro entre todos os grupos de apuramento) .

      A tarefa é complicada, mas Rolando Freitas recusa o rótulo de impossível: “Queremos ter a coragem de lutar pelo apuramento num grupo que sabemos ser extremamente difícil. De uma forma geral, toda a gente tem feito notar que este é um grupo extremamente difícil. Mas, mesmo que pudéssemos escolher os nossos adversários, o nível internacional é tão elevado que qualquer adversário seria sempre difícil. A expectativa é garantir um lugar entre as equipas que vão ser apuradas e é para isso que vamos lutar”.

      A equipa concentra-se no próximo dia 23 de Outubro, em Vila Nova de Gaia, para um pequeno estágio, antes de rumar à Hungria, a 28 de Outubro. No regresso, Portugal voltará a Gaia, onde recebe a Rússia.

      Da convocatória, destaque para a presença do cubano naturalizado português Alfredo Quintana. O guarda-redes do FC Porto pode estrear-se com a camisola da seleção portuguesa em jogos oficiais.

      O Sporting é o clube mais representado, com sete atletas (Ricardo Candeias, Pedro Solha, Pedro Portela, Fábio Magalhães, Bosko Bjelanovic, Rui Silva e Pedro Spínola), seguido por FC Porto, com quatro (Quintana, Ricardo Moreira, Gilberto Duarte e Nuno Roque). O Benfica empresta três jogadores à seleção (Hugo Figueira, José Costa e Cláudio Pedroso). Completam a convocatória, Fábio Vidrago (ABC de Braga), Tiago Rocha (Wisla Plock), Wilson Davyes (HBC Nantes) e Jorge Silva (Anaitasuna).

    • Futsal: Pedro Henriques deixa a Desportiva

      ng263464ED-2F5E-4617-ACBC-DBD7BFCE4775
      20 Outubro, 2014

      Pedro Henriques já não é treinador da Associação Desportiva do Fundão. A situação foi dada a conhecer ao final desta tarde, através dos órgãos de Comunicação Social do clube beirão. Contratado no início da presente época para suceder a Joel Rocha, a primeira experiência enquanto treinador principal na primeira divisão chega ao fim.

       Leia o comunicado da Desportiva:

       “Pedro Henriques deixa o comando

      A Associação Desportiva do Fundão vem por este meio informar que a ligação entre o técnico Pedro Henriques e a instituição chegou hoje ao seu termo.

      A Desportiva agradece o empenho e dedicação evidenciados ao longo destes meses, e aproveita também para desejar felicidades, tanto a nível pessoal como profissional, ao treinador Pedro Henriques.”

      O técnico que na passada temporada treinou a equipa júnior do Sport Lisboa e Benfica não resistiu ao modesto arranque da Desportiva, goleada na Supertaça e derrotada em três dos primeiros seis jogos na nova época. A comissão que gere os destinos do futsal sénior, descontente com as prestações da atual detentora da Taça de Portugal, pôs termo à ligação entre clube e técnico.

      O nome do novo treinador ainda não é conhecido, mas o “Modalidades.com.pt” está em condições de garantir que será apresentado no decorrer desta semana.

    • Peyton Manning, o rei do Futebol Americano

      Peyton Manning bateu recorde de passes para touchdows da NFL
      20 Outubro, 2014
      NFL

      Talvez nunca tenha ouvido falar de Peyton Manning, mas a partir deste momento é bom que o reconheça como uma das maiores lendas do desporto profissional. Nos campos de futebol americano, o nome Peyton Manning, é uma espécie de Deus de personalidade afável e simples no trato, agora mais que nunca imortalizado na história do desporto.

      Na madrugada deste domingo, o quarterback dos Broncos alcançou 510 passes para touchdown e ultrapassou o recorde, até aqui inviolável, de 508 passes do mítico Brett Favre.

      O passe histórico aconteceu aos 3 minutos e 9 segundos no segundo período da vitória dos Broncos sobre os San Francisco 49ers por 42-17. Com o placar registando 14 a 3 para os Broncos, que jogavam em casa, Manning encontrou Demaryius Thomas livre de marcação no canto direito da endzone e não pensou duas vezes. Resultado? Uma jogada certeira para um touchdown histórico, seguido de aplausos e mais aplausos, num estádio de pé em euforia geral, estendida até à equipa adversária.

      Manning tem o futebol no sangue. Filho mais velho do também ex-jogador Archie Manning (estrela dos New Orleans Saints da NFL entre 1971 e 1982 e referência idolatrada do futebol universitário de Mississipi), Peyton é reconhecido como um mestre do passe desde a universidade, quando liderou o Tennessee para 39 vitórias em 45 jogos e, sem perder mais de dois jogos numa só época foi eleito quarterback do ano. E em 1998, entrou na NFL como a primeira escolha do Draft. Foi escolhido pelos Indianapolis Colts e envergou camisola 18, ainda hoje o seu número, o mesmo que o seu pai vestiu. Como rookie, Peyton conseguiu 26 passes para touchdowns, marca alcançada apenas recentemente por Russell Wilson dos Seahawks.

      A partir de 1999, Manning construiu um dos melhores recordes como jogador em épocas regulares, com mais 159 vitórias em mais 217 jogos, um feito invejável em qualquer desporto. E desde aí, o irmão mais velho de Eli Manning (também jogador da NFL, dos New York Giants) passou a acumular recordes atrás de recordes. Entre os mais sonantes, os mais de 5 mil passes completados com sucesso na carreira.

      Números verdadeiramente espantosos, que fazem de Peyton Manning o maior jogador de “football” do mundo, um Messi ou um Ronaldo das Américas. Os 510 passes completos são (mais um) recorde na história da competição (NFL), números nunca vistos por nenhum jogador.

      E nem uma grave lesão no pescoço o fez perder as qualidades de sempre. Nem mesmo quando a sua equipa de sempre, os Colts, quiseram escrever novas páginas na história com um outro e novo quarterback, Peyton desistiu de lutar contra os sinais do tempo e, encontrou nos Denver Broncos uma segunda vida.

      E talvez se durante a sua carreira tivesse sido mais decisivo nos playoffs (onde nunca conseguiu ser uma total mais-valia, com só sete vitórias em 18 jogos) e assim, tivesse ganho mais alguns anéis de campeão, hoje fosse considerado em absoluto como o maior quarterback de todos os tempos. Um chavão de pouca importância para alguém eternizado para sempre nas memórias afectivas de milhões de adeptos. E independentemente de tudo, Peyton Manning é um imortal, alguém que em vida ultrapassou a morte.
      Um homem obstinado que teimosamente de batalha em batalha desafia os seus limites físicos e psíquicos, procurando sempre novos desafios para prolongar a sua longa e próspera carreira desportiva.

      E um novo desafio está (há muito) previsto, procurar ser aquilo que nunca um quarterback foi. Ser campeão com duas equipas diferentes. E se há alguém que o pode alcançar, é o colecionador de recordes e reencarnação perfeita do espírito desportivo americano. É Peyton Manning, o rei do futebol americano!

    • Paulinho abandona Benfica

      20 Outubro, 2014

      Foto: “SL Benfica”

      Foi hoje tornada pública a saída do atleta Paulo Rocha, conhecido por Paulinho no mundo do futsal, do plantel de futsal do Sport Lisboa e Benfica. Em comunicado no site oficial do clube da Luz, o atleta oriundo do norte do país revela que o seu abandono tem por base questões de ordem familiar, nomeadamente o débil estado de saúde da sua mãe, que reside na área de onde é natural e  necessita de auxílio.

      Em declarações ao portal dos “encarnados”, Paulinho lamenta a saída forçada, agradece a aposta feita em si e todo o carinho demonstrado por parte de dirigentes e massa adepta – “Deixo amigos no Clube e fico grato por todo o carinho que senti. Aos meus colegas, ao staff técnico e clínico, à Direção do Benfica e aos adeptos só posso deixar um enorme obrigado!”.

      Quanto ao futuro, o jogador que fez praticamente toda a formação no Freixeiro não descarta a possibilidade de vir a jogar num clube mais próximo da área que habitará, mas revela que para já não há nada de concreto. “Nada tenho neste momento, mas vou dar atenção a todos os clubes que me deem condições para prosseguir a carreira próximo da minha família”, refere.

    • Ricardinho pára um mês

      20 Outubro, 2014

      O pior cenário confirmou-se: Ricardinho contraiu uma rotura no adutor, que obrigará o craque “luso” a uma paragem de cerca de um mês. O jogador do Inter Movistar saiu lesionado durante a primeira parte do jogo disputado no passado sábado, diante do El Pozo Murcia.

      Na rede social “Instagram”, Ricardinho confirmou o diagnóstico e revelou que será essencial “recuperar rápido e bem”, lamentando a ausência das quadras que considera “uma eternidade”.

      Além do duplo compromisso da seleção nacional com a Geórgia, é praticamente um dado adquirido que falhará também os importantes duelos da Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup, sendo que a formação “madrilena” se encontra inserida no grupo A, onde também está o campeão nacional Sporting.

    • Sporting em pleno para o “derby”

      19 Outubro, 2014

      Foto: “Record”

      Na antecâmara da receção ao rival Sport Lisboa e Benfica para o primeiro “derby” da época, o Sporting deslocou-se ao norte do país e venceu o Rio Ave por 2-5. Depois de na passada temporada ter imposto um empate à equipa leonina, muito mudou na equipa ainda orientada por Raul Moreira, que ocupa por esta altura o antepenúltimo lugar da tabela classificativa. Por seu turno, a equipa de Alvalade segue em “pleno”, somando todos os seis jogos já disputados por vitórias.

      Em Vila do Conde, uma verdadeira entrada de “leão” deu o mote para uma primeira parte de domínio forasteiro, com golos apontados por Fábio Aguiar, Pedro Cary e Diogo. Ao intervalo, o marcador assinalava um resultado de 1-3, com o golo vila-condense a ser apontado por Paulo Ferreira.

      A etapa complementar caracterizou-se por um maior equilíbrio, com o Sporting a baixar a intensidade e, consequentemente, o nível exibicional. Permitiu ao Rio Ave crescer no jogo, fazer o segundo golo na conversão de um penalty apontado por Felipe Simas, mas o Sporting viria a marcar em mais duas ocasiões. Diogo, reforço oriundo do Sporting Paris, voltou a marcar e assumiu-se como figura da partida. O último golo sportinguista foi da autoria de Alex.

      Domingo, pelas 17h, há “derby” entre Benfica e Sporting, com transmissão na RTP 2 e na Sporting TV.

    • Liga SportZone: Fundão derrotado na Burinhosa (3-1)

      Pavilhão Gimnodesportivo da Burinhosa
      19 Outubro, 2014

      Em jogo referente à 6ª jornada da Liga SportZone, a AD Fundão averbou nova derrota, desta feita, na Burinhosa, frente à equipa local.

      Kitó Ferreira iniciou a partida com João Vala na baliza e os jogadores de campo Rui Pereira, Espanhol, Pimpolho e Nino. Já o técnico Pedro Henriques optou por começar com Cláudio, André Nabais, Liléu, Couto e Mário Freitas. Com tudo pronto, os árbitros Nuno Bogalho e Filipe Duarte deram início ao jogo.

      A primeira metade do encontro foi marcada por um grande equilíbrio. Ambas as formações dispuseram de várias ocasiões para abrir o marcador, mas os guardiões das respectivas equipas iam evitando que tal se verificasse. Porém, à passagem do minuto 17, os homens da casa desfizeram o empate, por intermédio de Bruno Cintra. Os fundanenses bem tentaram mas não conseguiram restabelecer e a igualdade. Ao intervalo, a Burinhosa vencia pela margem mínima.

      Na etapa complementar da partida, ao contrário daquilo que seria de esperar, os pupilos de Pedro Henriques entraram mais desorganizados e lentos. Os visitados acabariam por ampliar a vantagem do primeiro tempo, com novo golo de Bruno Cintra, ao minuto 23. Quase imediatamente, a Desportiva do Fundão reduziu, por Mário Freitas, relançando a contenda. Ainda assim, os fundanenses não tiveram destreza para dar a volta ao marcador. Ao minuto 38, quando a equipa apostava na estratégia do guarda-redes avançado, uma perda de bola revelou-se fatal. O experiente Nino não desperdiçou e fixou o resultado final, em 3-1 a favor da equipa da casa.

      Com este resultado, o Fundão desce à 9ª posição da tabela classificativa, enquanto que a Burinhosa ascende ao 5º posto. Na próxima jornada, os beirões recebem a formação do Modicus Sandim. Já a formação do distrito de Leiria joga, em casa, frente ao Boavista.

    • SL Benfica conquista Supertaça

      benfica
      19 Outubro, 2014

      Depois de vencer o Troféu António Prata na semana passada, o Benfica venceu a Supertaça batendo na final o Galitos do Barreiro por 82-63.

      A eficácia no lançamento de longa distância, os contributos vindos do banco, e a rotação dos jogadores efetuada pelo técnico Carlos Lisboa ditou a diferença entre as duas equipas.

      O Galitos não conseguiu manter o domínio exibido nos primeiros 10 minutos, se bem que tenha sentido dificuldades para acompanhar o ritmo imposto pelos benfiquistas, e a estratégia defensiva delineada tenha caído por terra pela pontaria demonstrada pelos jogadores exteriores do Benfica.

      Benfica 82 – 63 Galitos Barreiro
      [10 - 18 / 29 - 11 / 25 - 14 / 18 - 20]

      BENFICA

      • Diogo Carreira – 23 pontos
      • Carlos Andrade – 21 pontos, 10 ressaltos e 2 assistências
      • Carlos Ferreirinho – 16 pontos e 2 ressaltos

      GALITOS

      • Miguel Minhava – 18 pontos, 9 ressaltos, 4 assistências e 2 roubos de bola
      • Benjamim Gresmer – 14 pontos e 4 ressaltos
      • Brian Clarke – 10 pontos
Free mockups