• Dramático x Benfica

    Benfica encerra ano a golear

  • Foto: "ZeroZero"

    Olivais triunfa no Fundão

  • Fotografia JR

    SC Braga/AAUM fecha o ano no segundo lugar

  • FC Porto celebra sexta Supertaça (Foto FPA)

    FC Porto vence Sporting e conquista Supertaça de Portugal

Melhores Marcadores

  • 1
    Pedro Cruz - Águas Santas / Milaneza
    142
  • 2
    Pedro Sequeira - Passos Manuel
    105
  • 3
    Pedro Portela - Sporting
    94
  • 4
    Pedro Solha - Sporting
    93
  • 5
    João Pinto - ABC / UMinho
    91
  • 6
    Belone Moreira - Passos Manuel
    87
  • 7
    Yuriy Kostetsky - SC Horta
    85
  • 1
    Nandinho - Boavista
    20
  • 2
    Márcio Moreira - Póvoa Futsal
    15
  • 3
    Alessandro Patias - Benfica
    15
  • 4
    Jander - SL Olivais
    14
  • 5
    Fábio Cecílio - SC Braga
    13
  • 6
    Tiago Soares - Modicus
    12
  • 7
    Vigário - Unidos Pinheirense
    12
  • 1
    Luís Viana - Juventude Viana
    28
  • 2
    Nuno Araújo - Valongo
    24
  • 3
    João Rodrigues - Benfica
    17
  • 4
    Gonçalo Alves - Oliveirense
    16
  • 5
    Francisco Barreira - Sanjoanense
    16
  • 6
    Carlos Nicolia - Benfica
    15
  • 7
    Filipe Bernardino - Tigres Almeirim
    14

Resultados da Jornada

  • Maia / ISMAI
    29
  • 25
    Santo Tirso
  • Passos Manuel
    23
  • 33
    Benfica
  • Belenenses / Delta
    25
  • 34
    Sporting
  • Águas Santas / Milaneza
    26
  • 28
    FC Porto
  • ABC / UMinho
    35
  • 31
    Madeira SAD
  • SC Horta
    34
  • 21
    Xico Andebol
  • Fundão
    0
  • 0
    SL Olivais
  • SC Braga
    0
  • 0
    Burinhosa
  • Póvoa Futsal
    0
  • 0
    Rio Ave
  • Cascais
    0
  • 0
    Benfica
  • Sporting
    0
  • 0
    Belenenses
  • Unidos Pinheirense
    0
  • 0
    Boavista
  • Modicus
    0
  • 0
    Leões PS
  • Oliveirense
    0
  • 0
    HC Turquel
  • Carvalhos
    0
  • 0
    CD Póvoa
  • Juventude Viana
    0
  • 0
    Tigres Almeirim
  • Benfica
    0
  • 0
    Valongo
  • Candelária
    0
  • 0
    OC Barcelos
  • Sanjoanense
    0
  • 0
    Sporting
  • FCP / Império Bonança
    0
  • 0
    Paço de Arcos

Entrevistas

  • Entrevistas
    Quarta-feira, Dezembro 3rd, 2014
    Foto: "Alberto Fernandes, ZeroZero"
    Jander: “Estou a viver um dos melhores momentos da minha carreira”
  • Entrevistas
    Quinta-feira, Setembro 4th, 2014
    Entrevista a Vasco Sousa: ”Os novos Renegades estão esfomeados por surpreender o Futebol Americano em Portugal”
  • Entrevistas
    Sábado, Julho 19th, 2014
    Em entrevista com Paulo Tavares: ”Vamos voltar a fazer uma grande época”

Notícias

    • Benfica encerra ano a golear

      Dramático x Benfica
      21 Dezembro, 2014

      Em jogo relativo à 15ª jornada da fase regular da Liga SportZone, o Sport Lisboa e Benfica foi a Cascais vencer o Dramático local por 0-9. O triunfo expressivo da formação que lidera a prova permite manter distâncias e fechar o ano de 2014 com seis pontos de vantagem sobre o vice-líder SC Braga/AAUM.

      Após categórico triunfo frente ao Fundão a abrir a segunda volta, os pupilos de Joel Rocha voltaram a impor-se vencendo por números que falam por si só. Defensivamente coeso e eficaz no ataque, o conjunto da Luz começou a desenhar o respetivo triunfo através de um potente remate de Alessandro Patías logo aos quatro minutos. O segundo golo, que estabeleceria o resultado ao intervalo, também foi da autoria do internacional italiano na cobrança de uma grande penalidade.

      Na segunda parte, foi preciso esperar sete minutos para assistir a novo golo, desta vez da autoria de Ré. O quarto golo surgiu instantes depois, resultado de uma rápida transição concluída por Gonçalo Alves de pé esquerdo. O capitão benfiquista “bisou” volvidos dois minutos para o 0x5, e Ré fez questão de imitar ao apontar o segundo da conta pessoal. 0x6 quando se jogava o 33º minuto.

      Alessandro Patías, autor dos dois tentos do primeiro tempo, também fez “o gosto ao pé” na etapa complementar assinando um “hat-trick” que colocou o marcador em 0x7. Antes de Ré igualar a proeza de Patías, tempo para Alan Brandí, o outro pivot, deixar a sua marca no jogo.

      0x9, e ao cabo de 15 jornadas, o Benfica de Joel Rocha é líder e entrará nessa mesma condição no novo ano civil.

    • Olivais triunfa no Fundão

      Foto: "ZeroZero"
      21 Dezembro, 2014

      No Municipal do Fundão, o último encontro de um sensacional ano de 2014 para a equipa da casa colocou em confronto Associação Desportiva do Fundão e Sport Lisboa e Olivais.

      Em igualdade pontual na tabela classificativa, perspetivava-se um encontro equilibrado entre duas das boas formações em prova. Num jogo em que a intensidade foi nota dominante, os forasteiros acabaram por levar a melhor arrancando um triunfo por 3×5.

      À passagem do minuto nove, o Olivais abriu o ativo por intermédio de João Marçal, na sequência de um mau passe que deixou a bola à sua “mercê”. A resposta da Desportiva fez-se sentir à beira do intervalo, com o internacional português Mário Freitas a bater Julião ao cabo de várias investidas ofensivas do conjunto vice-campeão nacional. 1×1 na hora de recolher aos balneários.

      Mantendo a boa prestação que havia rubricado no primeiro tempo, a equipa beirã consumou a reviravolta no marcador através de Liléu, que envergou a braçadeira de capitão na ausência de Nuno Couto devido a lesão. A vantagem foi dilatada por André Galvão a dez minutos do apito final, mas pesasse embora a diferença de dois golos, a questão estava longe de se encontrar resolvida.

      Em tarde de regresso à Cova da Beira, depois de ter enviado uma bola à trave durante o primeiro tempo, Jander Praciano deu seguimento ao bom momento de forma e reduziu para 2-3. O golo serviu como tónico para inverter o resultado, e a acutilância ofensiva lisboeta permitiu nova cambalhota no marcador, com golos de Jardel e Giló.

      A sensivelmente um minuto do final, e já com a formação da casa a atuar em 5×4, a turma “encarnada” fecharia as contas. Jander “bisou” no encontro e foi novamente feliz numa quadra que, decerto, lhe trará boas memórias.

      Com este triunfo, o SL Olivais ascende à quarta posição e soma agora 24 pontos, enquanto que a Desportiva passará o ano no oitavo posto, o último que dá a acesso ao “play-off”.

    • SC Braga/AAUM fecha o ano no segundo lugar

      Fotografia JR
      20 Dezembro, 2014

      O SC Braga/AAUM venceu este sábado o CCRD Burinhosa por 5-1, consolidando o segundo lugar na tabela classificativa.

      Como se esperava, o Burinhosa dificultou ao máximo a vida ao SC Braga/AAUM. Com uma marcação cerrada e agressiva, a equipa Buri não deixava os bracarenses jogar. Com o decorrer do encontro, apenas um erro de ambas as partes podia alterar o rumo dos acontecimentos e foi isso que aconteceu à passagem do minuto oito, quando, numa recuperação de bola, Paulinho colocou a equipa da casa na frente do marcador. Os jogadores do Burinhosa não baixaram os braços e continuaram a lutar, criando muitas situações de golo e aí brilhou o guarda-redes Vítor Hugo. Contra a corrente de jogo, à passagem do minuto quinze, através de um contra-ataque, Fábio Cecílio aumentava a vantagem para o SC Braga/AAUM, resultado com que se atingiu o intervalo.

      No segundo tempo, a equipa orientada por Kitó Ferreira entrou com a mesma intensidade do primeiro tempo, em busca do prejuízo. Essa insistência deu os seus frutos ao minuto quinze por Bruno a desviar um passe à boca da baliza, fazendo o 2-1. O jogo estava relançado, a disputa de bola era intensa com os jogadores a darem tudo o que tinham e ao minuto trinta, através de uma jogada de envolvimento, Amílcar fazia o 3-1 à boca da baliza. Este golo foi fatal para a equipa Buri que acusou nova desvantagem por dois golos e os bracarenses como que despertavam para o jogo e marcavam mais dois golos em dois minutos: primeiro por Amílcar, que bisava no encontro, e depois por André Coelho que fazia o 5-1. O Burinhosa ainda apostou num 5-4 para tentar minimizar o resultado, mas sem dar frutos e a partida chegava ao fim com a vitória bracarense.

      Flash interview

      No final do encontro, o técnico do SC Braga/AAUM, Paulo Tavares, começou por referir que foi “uma vitória suada, pois não estivemos à nossa altura. Estivemos apáticos no primeiro tempo, pois os jogadores já pensavam nas férias”. O técnico frisou também que após o terceiro golo a sua equipa desinibiu-se: “o Burinhosa estava a pressionar com tudo, tínhamos que levar a bola para a frente e com o 3-1, a equipa soltou-se mais, mas não fomos o SC Braga/AAUM dos jogos anteriores. Terminámos em segundo e vamos fazer de tudo para mantermos esse lugar”.

      Kitó Ferreira, técnico do CCRD Burinhosa, começou por dar os parabéns à equipa bracarense: “antes de mais quero dar os parabéns ao Braga pela excelente organização quer em termos de organização de jogo quer em termos individuais. Chegámos a Braga com menos seis jogadores com que iniciámos o campeonato por lesões ou porque deixaram o clube, mas queremos manter-nos na primeira divisão. O terceiro golo foi fatal para nós. Tentámos arranjar uma estratégia para nos manter no jogo, mas a qualidade dos jogadores do Braga/AAUM fez a diferença.”

      Ficha do Jogo

      SC Braga/AAUM: Vitor Hugo; Ciro; Tiago Brito; Fábio Cecílio (1) e Miguel Almeida

      Suplentes: Pli; Paulinho (1); André Machado; Rui; Ismael; Nilson; André Coelho(1); Amílcar (2) e Luis Paulo

      Treinador: Paulo Tavares

      CCRD Burinhosa: João Vala; Nini; Bruno Cintra (1); Marquinhos e Pimpolho

      Suplentes: Rui Castelhano; Mica; Fábio Catarino; Espanhol; Rui Pereira; Tiago Costa; Kalau e Rafa

      Treinador: Kitó Ferreira

      Ação disciplinar

      Amarelos: Tiago Brito; Miguel Almeida; Vitor Hugo; Amílcar e Paulinho (SC Braga/AAUM); Pimpolho; Nini e Rui Pereira (CCRD Burinhosa)

      Árbitros

      Mário Lobo Silva (AF Viana do Castelo) e Vítor Rocha (AF Porto)

    • FC Porto vence Sporting e conquista Supertaça de Portugal

      FC Porto celebra sexta Supertaça (Foto FPA)
      20 Dezembro, 2014

      Está entregue o último troféu do ano. O campeão nacional FC Porto e o vencedor da Taça de Portugal Sporting enfrentaram-se na Maia, no pavilhão de Águas Santas, pela discussão da Taça de Portugal. O FC Porto venceu a Supertaça de Portugal, após triunfo por 29-28.

      Primeira parte muito disputada. À melhor entrada do FC Porto, respondeu o Sporting, para terminar num empate que realça todo o equilíbrio presente.

      Ricardo Moreira abriu as hostilidades, com um excelente golo, na conversão de um rápido contra-ataque. Algum nervosismo inicial, mas o FC Porto a conseguir uma vantagem de dois golos (4-2 e 5-3).

      Seguiu-se a recuperação do Sporting, a chegar novamente ao empate. Já nos meados do primeiro tempo, Rui Silva, com um “tiro” dos nove metros, a dar a primeira vantagem à equipa leonina.

      O empate voltou a impor-se por alguns momentos, até o Sporting conseguir aproveitar um período menos assertivo dos hexacampeões nacionais e construir, também, uma vantagem de dois golos ((9-11 e 10-12).

      Já nos minutos finais, o FC Porto reagiu e voltou a impor o empate, que resumia, da melhor forma, a tendência do encontro.

      No regresso dos balneários, o FC Porto voltou a adiantar-se no marcador, mas seria o Sporting a dominar os minutos seguintes. Aos 40 minutos de encontro, o Sporting vencia por 17-20, na maior vantagem do jogo. O FC Porto respondeu com um parcial de 3-0 e empatou a partida a 20 golos. O Sporting respondeu de igual forma e voltou a adiantar-se para 20-23, a que o FC Porto corresponderia à emoção, ao empatar novamente a 23 golos. Daqui para a frente, equilíbrio absoluto no marcador, com as equipas a chegarem empatadas a 28 golos ao último e decisivo minuto.

      A 12 segundos do final, Ricardo Moreira desfez o empate, na conversão de um livre de sete metros. Do outro lado, Rui Silva, com o tempo esgotado, não conseguiu repetir o feito. Num final dramático, o central leonino atirou ao poste, da linha de sete metros, e viu o FC Porto festejar a Supertaça de Portugal.

      Ricardo Moreira, com oito golos, e Gilberto Duarte, com cinco, estiveram em grande destaque num encontro, onde Alfredo Quintana esteve muito inspirado na baliza portista. No Sporting, Pedro Portela, Pedro Solha e Pedro Spínola, com cinco golos cada, foram os mais concretizadores no ataque leonino.

    • FC Porto e Sporting disputam Supertaça… polémica

      Supertaça
      19 Dezembro, 2014

      É já neste Sábado que as equipas do FC Porto e Sporting estarão frente a frente, a lutar pela Supertaça de Portugal, na reedição das edições transactas.

      O FC Porto, campeão nacional, frente ao Sporting, vencedor da Taça de Portugal. O encontro vai decorrer às 18h00 de sábado, no pavilhão de Águas Santas, na Maia, precisamente o motivo da discórdia.

      “Quer o desportivismo, quer o bom senso, requeriam que uma prova desta envergadura se realizasse num pavilhão equidistante dos locais de proveniência dos participantes, Lisboa e Porto e não a poucos quilómetros deste último”, refere o Sporting, em comunicado, publicado no sítio oficial do clube.

      Na mesma circular, o Sporting acrescenta ainda que “o pavilhão não reúne as necessárias condições técnicas e de segurança” para o jogo em questão. Por esse motivo, o Conselho Diretivo do Sporting não se fará representar na final e a equipa, citam, “tem instruções para regressar de imediato aos balneários”, caso a segurança do jogo esteja em causa.

      A Federação de Andebol de Portugal não perdeu tempo e responde, também em comunicado, que o encontro estava agendado antes mesmo de conhecidos os intervenientes desta importante final: “como é do conhecimento público, há largos meses – desde 17 de Março de 2014 – que a Federação anunciou a realização do jogo da Supertaça para o Pavilhão do Águas Santas, na Cidade da Maia e integrada no programa daquela cidade enquanto Cidade Europeia 2014 do Desporto, o que muito honra a modalidade”.

      À margem de tudo isto parece estar o FC Porto, que nas palavras do capitão Ricardo Moreira parecem preparados para vencer a Supertaça de Portugal. “É um jogo de decisões e esperamos que o FC Porto esteja bem, como tem vindo a acontecer esta época. Esperamos que a equipa consiga mais uma vitória e que, definitivamente, consigamos conquistar a Supertaça para acabar bem o ano. Estes jogos são diferentes dos do campeonato. Quem ganha festeja, quem perde fica triste”, anteviu Ricardo Moreira, em declarações à Porto Canal.

      Do lado do Sporting, o guarda-redes Ricardo Candeias faz a antevisão do encontro ao portal do clube: “Vai ser um jogo muito difícil. O FC Porto não é uma equipa fácil e tem uma qualidade de jogo que toda a gente conhece. No entanto, vamos para ganhar e não vai haver margem para erros. A pressão é a mesma que nos outros jogos. Quem joga no Sporting sabe que existe sempre pressão e que, cada vez que entramos campo, é para ganhar”.

      Na edição passada, com os mesmos intervenientes, foi o Sporting a levantar o troféu, após vitória, no prolongamento, por 33-32. Esta época (2014/2015), Sporting e FC Porto enfrentaram-se apenas uma vez, em Novembro, com os hexacampeões nacionais a vencerem, para o campeonato, no pavilhão do rival lisboeta, por 23-24, num encontro também muito equilibrado.

      Agora, com alguma polémica à mistura, disputa-se mais uma Supertaça, no último troféu de 2014, a opor duas das melhores equipas portuguesas. Os bilhetes estão esgotados, e haverá casa cheia. Tudo bons motivos, para um excelente encontro, em mais uma tarde de andebol espetáculo.

    • David Lopes: ” preparados para vencer o encontro”

      Fotografia JR
      19 Dezembro, 2014

      O SC Braga/AAUM recebe este sábado, no Pavilhão da Universidade do Minho, pelas 16h, o CCRD Burinhosa, em jogo a contar para a 15ª Jornada da Liga SportZone de Futsal.

      A turma bracarense continua em grande no campeonato, ocupando o segundo lugar a seis pontos do líder. O Brurinhosa foi uma das três equipas que na primeira volta conseguiu roubar pontos ao SC Braga/AAUM, por isso não se espera tarefa fácil para os da casa. Paulo Tavares e os seus pupilos iniciaram a segunda volta com uma vitória fora de portas, batendo no Restelo o Belenenses por 7-2. O Burinhosa é a grande surpresa do nosso campeonato, ocupando neste momento o quarto lugar com 22 pontos. Muito bem orientada por Kitó Ferreira, a equipa Bury vem de um empate caseiro diante do lanterna vermelha, os Unidos Pinheirense, e vai tentar dificultar ao máximo a tarefa bracarense.

      Na antevisão do encontro, David Lopes técnico-adjunto do SC Braga/AAUM, começou por alertar para a ambição do Burinhosa “uma equipa que também quando joga fora de portas procura vencer os jogos, tal como fez, por exemplo, na Luz diante do Benfica. Jogar de uma forma pressionante é uma característica desta equipa”. O técnico frisou também que será um obstáculo difícil de ultrapassar, pois “é uma equipa que faz da sua agressividade uma arma forte, mas estamos preparados para vencer o encontro”.

      Miguel Almeida, por seu turno, avançou que estão à espera de uma equipa muito combativa: “sabemos das dificuldades que vamos ter, mas estamos preparados para superar as dificuldades. Foi uma equipa que ainda não conseguimos vencer, mas nós queremos vencer todos os jogos em casa e é isso que vamos tentar conseguir no próximo sábado”.

    • Benfica venceu no Dragão Caixa

      FC PORTO - BENFICA 2014/15
      18 Dezembro, 2014

      O Benfica conseguiu ontem, algo que já não conseguia há alguns anos, em jogos a contar para o campeonato. No Dragão Caixa, palco onde só vencera por uma vez, na final da Liga Europeia de 2012/13, os encarnados conseguiram derrotar o FC Porto, por 3-7.

      O Benfica começou melhor, estando sempre na frente do marcador. Depois de um início de partida bastante equilibrado, com oportunidades de golo para as duas equipas, surgiu o golo inaugural, aos 16min.

      O lance começou quando Hélder Nunes enviou uma bola ao poste, na sequência de um livre perigoso, à entrada da área. A bola sobrou para Valter Neves, que serviu Carlos Nicolía, que seguiu isolado até bater o guardião portista.

      Na resposta ao primeiro golo, o caudal ofensivo portista continuou bastante intenso, mas na baliza encarnada, Guillém Trabal defendia tudo o que havia para defender! O Benfica respondia em contra-ataques rápidos que Nélson Filipe, mais uma vez titular, nem sempre conseguia defender. Foi nesta toada que Diogo Rafael fez o 0-2 e Carlos Nicolía fez o 1-3 com que se chegou ao intervalo. Vítor Hugo fez o único golo portista neste primeiro tempo.

      Com o início da segunda parte, vieram mais dois golos benfiquistas (Carlitos López e Nicolía).

      Após o 1-5, Tó Neves substituiu Nélson Filipe por Edo Bosch. Com a entrada do guarda-redes catalão, quem voltou a estar em destaque foi… Guillém Trabal. Com Edo na baliza, o Porto esteve mais seguro e o Benfica não conseguia chegar com tanto perigo à baliza. Entretanto, Hélder Nunes e Rafa ainda reduziram para 3-5, mas, na parte final da partida, Trabal justificou o “carimbo” de MVP da partida, ao defender vários lances de bola parada e vários remates fortes, que os portistas “atiravam” de todo o lado!

      Nos últimos minutos da partida, Diogo Rafael – numa excelente jogada coletiva encarnada – e Nicolía, numa excelente cobrança de um livre direto, fecharam a contagem, selando uma goleada encarnada no Dragão Caixa.

      Com este resultado, o Benfica passou a liderar isolado, com mais 3 pontos (31-28) que o FC Porto.

      (Foto: A Bola)

    • FC Porto com triunfo difícil, ABC e Sporting firmes na perseguição

      Gilberto Duarte imperial na 15ª vitória do FC Porto
      18 Dezembro, 2014

      A jornada 15 está a decorrer sem surpresas de maior. Num dos encontros mais aguardados da semana, o FC Porto manteve a invencibilidade, após uma difícil vitória em Águas Santas.

      Com um triunfo final, por 26-28, o FC Porto conquistou a 15ª vitória consecutiva no campeonato e continua a escrever o novo recorde de triunfos consecutivos.

      Após uma excelente primeira parte, o FC Porto vencia por 12-16, mas no segundo tempo, a equipa da casa voltou mais expedita e conseguiu dificultar a missão dos hexacampeões nacionais.

      Gilberto Duarte, com dez golos, destacou-se numa partida em que Pedro Cruz, com oito golos, voltou a ser o melhor marcador do Águas Santas.

      Com mais esta vitória, o FC Porto mantém a distância para os perseguidores, ABC de Braga (a cinco pontos) e Sporting (a seis pontos), que também venceram na noite desta quarta-feira.

      Sporting vence Belenenses

      O Sporting conseguiu uma vitória robusta na deslocação a Belém, onde se impôs por 25-34. Ao intervalo, a equipa de Frederico Santos já vencia, confortavelmente, por 9-19, e durante a segunda parte, geriu o marcador a seu bel-prazer.

      Bruno Moreira, com dez golos, e Pedro Spínola, com oito, foram os melhores marcadores do encontro. Carlos Siqueira e João Pinho, com cinco golos cada, destacaram-se na equipa da casa.

      ABC de Braga vence Madeira SAD

      O ABC de Braga somou mais uma importante vitória, na receção ao Madeira SAD. Triunfo por 35-31 que vale a continuidade no segundo lugar da classificação. Ao intervalo, a equipa de Carlos Resende já vencia por 20-15, mas na segunda parte, o Madeira SAD conseguiu manter-se sempre no marcador, num bom encontro de andebol.

      Nuno Grilo, com nove golos, e Nuno Rebolo, com oito, foram os mais inspirados na finalização do ABC. Na equipa visitante, Nuno Silva, com oito golos, e Gonçalo Viera, com sete, estiveram em evidência.

      Nos outros encontros do dia, o Maia Ismai recebeu e venceu o Santo Tirso, por 29-25 (15-12 ao intervalo) e o Sporting da Horta venceu o Xico Andebol, por 34-21 (16-11 ao intervalo).

      A jornada 15 só fica completa, na próxima sexta-feira, com a visita do Benfica aos vizinhos do Passos Manuel (21h00).

Free mockups